Para onde vai a água que usamos? Questionamento é o tema da Semana da Água.

Utilizar os recursos hídricos de maneira responsável e sustentável é tarefa de todos. Para sensibilizar a sociedade e o poder público sobre as questões referentes ao uso racional da água, foi instituída pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes-RS), em 1994, a Semana Interamericana da Água, a partir de 2001 acontece em conjunto a Semana Estadual da Água, no RS.

Monitoramento_gua_subterranea_205

Poços Piezométricos instalados ao longo da rodovia fazem o controle da qualidade da água subterranea

9_Campanha_de_gua_superficial_094

Arroios, valas e rios são pontos de controle da qualidade da água superficial do empreendimento

Em 2012 a programação da XIX Semana Interamericana e XII Semana Estadual da Água teve início no último dia 29 de setembro e foi até sábado, 06 de outubro. O evento teve como tema central “Para onde vai a água que usamos?”, agregou diferentes públicos, desde agricultores e industriários até o consumidor doméstico, com destaque para as crianças em idade escolar.

O objetivo foi elucidar que a água, depois de usada, volta para o ambiente, gerando, em muitos casos, impactos negativos. Dentro das atividades de encerramento oficial da Semana, estudantes do município de Guaíba abraçaram simbolicamente o Lago Guaíba, em 04/10. O ato serviu para lembrar os anos de exploração do manancial e o trabalho de preservação que precisa ser feito para manter o “lago vivo” para as próximas gerações.

 

Preocupação com a qualidade da água também ocorre na BR-448

 

Ao contrário do que muitos imaginam, obra também é lugar de preocupação com a qualidade da água. Foi pensando em amenizar ao máximo os impactos da construção da BR-448, que o DNIT/RS, por meio da Gestão Ambiental (STE S.A.), executa os Programas de Monitoramento e Controle de Qualidade dos Recursos Hídricos Subterrâneos e Superficiais. A equipe realiza campanhas de monitoramento da qualidade da água de três em três meses, em pontos no percurso da rodovia e nos canteiros de obra. Após a coleta, as amostragens são levadas para análises laboratoriais de oxigênio dissolvido, pH, entre outros.

Até o mês de julho de 2012 os resultados das análises comprovaram que a obra não interferiu na qualidade da água do entorno. Além desses Programas a equipe da Gestão Ambiental também utiliza a educação ambiental para sensibilizar professores e estudantes das escolas localizadas nos municípios beneficiados pela construção da rodovia, sobre as questões referentes a situação e o uso racional dos recursos hídricos.

 
 
021_600x399
30-09-2012 (2)_600x450
323_600x399
992
colocacao armadilha fotografica 11122012 (55)_600x399
DSC_0168_600x401
DSC_0312_600x399
DSCF0164_600x450
DSCF1666_600x450
DSCN3119_600x450
enderecar inauguracao 0651_599x450
Evento Dia do Meio Ambiente DNIT 160_600x399
FOTOS CELULA 255_600x399
fotos inaugurao 203_600x399
hora do conto VP 076_600x399
IMG_7233_600x400
Lancamento livro reassentamento 020_501x450
Mascote (21)_600x399
record
topsust_451x450
transplante corticeiras 04092012 (14)_600x399
 
 

infoambiente2

 
 
Logotipo_STE-_novo Sem_ttulo.pngdnit Ministrio_dos_transportes........